Tenha o que você ama - Minimalismo

terça-feira, agosto 11, 2015

Há algum tempo acompanho o antigo blog Vida Minimalista, que hoje se chama Vida Conectada. Foi com ele que conheci o conceito de Minimalismo. Mas na época lembro que não me atraí tanto pela ideia, ainda que tenha gostado bastante do conteúdo que a Camile escrevia lá.

Tenho sentido necessidade de simplificar a minha vida e de deixar as coisas apenas fluírem (Let it go...Let it flow...), com isso voltei a acessar conteúdos do blog e, posso dizer, redescobri o Minimalismo. 

(Imagem: Fonte)

Eu pensava no termo com seu significado comum, minimalismo= ter o mínimo. E ele também significa isso.Mas depois que comecei a ler mais sobre o assunto e me aprofundar nisso, entendi que Minimalismo vai além do pensamento de ter apenas e somente o essencial ou até viver em pobreza.

A ideia central é você possuir poucas coisas, mas nunca passar necessidades por isso e sim ter uma melhor qualidade de vida. Lembro de um exemplo que explicava que é como se tivéssemos uma quantidade de energia para dedicar ao que possuímos e quanto mais tivermos, menor vai ser essa energia. 

E é bem verdade isso, porque quantas vezes não abrimos nosso guarda-roupas e pensamos que não temos nada para vestir. Acho que esse é o exemplo mais básico para entendermos o quanto estamos cheio de objetos que não usamos e deixamos acumulando energia de estagnação.

E posso dizer isso na prática, porque depois que fiz um declutter (tradução próxima seria "destralhar") no meu armário, senti que tenho muito mais roupas para usar! Parece contraditório, não é? Mas realmente funciona, porque começamos a lembrar de peças que gostamos e estavam escondidas e usamos nossa criatividade para combinar nossas peças

Geralmente prefiro usar os termos na nossa língua, mas adotei declutter,em inglês mesmo, porque não gosto do nome "destralhar". Ele faz parecer que nós temos apenas tralhas e isso de certa forma é um desrespeito àquilo que nos serviu em alguma parte da nossa vida. Mas a ideia é essa, retirar itens que já não precisamos.

E foi a mesma coisa com os meus papéis e até com as coisas sentimentais que fui acumulando (como um papel de bombom, uma foto repetida,pôster antigo de bandas). Guardei apenas uma caixa pequena de lembranças com cartas de pessoas importantes,pequenos objetos, ingressos de cinema (não resisti) e, fora a caixinha, apenas meus álbuns de fotos porque sempre gosto de olhar.

Acredito que a ideia principal do Minimalismo não é a que eu entendia "ter o mínimo", mas sim  ter o que você realmente ama. O importante é você não juntar coisas que não usa e estão atrapalhando o circular de novas energias. Eu tenho muitos livros, mas li todos e releio sempre que tenho vontade ou empresto para alguém ler. Dessa forma eles não estão apenas parados.

E são essas as lições que eu tiro do Minimalismo:ter apenas o que eu amo e colocar as coisas em movimento. É melhor ter somente uma jaqueta jeans que você realmente usa do que 20 que estão guardadas para se talvez um dia quem sabe você precisar.

Ah,é importante dizer que eu não sou minimalista e nem estou falando que alguém deve ou não ser,ok? Mas não é por isso que não podemos nos inspirar com esse estilo e melhorar a nossa qualidade de vida. Aproveito para deixar aqui três canais para vocês caso tenham curiosidade de conhecer mais sobre o Minimalismo. Um beijo!  

Medicinanda -  Introdução sobre o Minimalismo



Passo a Passos TV -  Tag sendo Minimalista


Melissa Alexandria (Em inglês) - Três dicas para guarda-roupa minimalista


You Might Also Like

2 comentários

  1. Amei os conceitos sobre Minimalismo. Não sabia que havia uma corrente minimalista tão forte aí, pelo mundo, e já me deparei com a situação do "não ter nada pra vestir" ou "não ter nada para ler" mesmo com o armário cheio. Procurar viver com menos é um aprendizado. Ótima postagem, Beatriz!

    Vivendo o dark side

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado,Carol! É uma filosofia de vida muito bonita mesmo. ^_^

      Excluir

Ei, deixe seu comentário! Sua opinião faz a diferença por aqui. Se tem um blog,pode colocar seu link para eu retribuir a visita, mas não faça SPAM,hein.

Comunidades