A felicidade é uma forma de ver

sexta-feira, janeiro 01, 2016

O que é real? Sabemos que o que sentimos é um produto de impulsos nervosos transmitidos pelo cérebro e que o que vemos é limitado pela nossa potência visual, pois se aumentamos os objetos e as expressões das pessoas 100 vezes veremos defeitos que jamais veríamos a olho nu.

 felicidade

Vivemos buscando o sucesso. Mas o que é o sucesso? A sociedade acredita (e lembrando que NÓS também somos a sociedade) que é um ponto da existência onde somos independentes e autossuficientes. Onde temos uma casa confortável, um carro grande e potente, uma família estável (e o que na vida é estável realmente?). Mas a verdade é que nós nunca alcançaremos o ponto "sucesso" e sempre estaremos presos a ilusão de independência, porque todos estamos interconectados (experimente tomar café da manhã sem um padeiro para fazer seu pão, um agricultor para cultivar o trigo e sem a terra para fazer a semente germinar). 

Nós nunca satisfaremos o desejo de estar no que é considerado sucesso, porque sempre desejaremos mais, nessa imensa gula como se fôssemos um buraco negro. Se estamos solteiros, precisamos namorar; se namoramos, precisamos noivar; se noivamos, precisamos casar; se casamos, precisamos ter o primeiro filho; se o temos, precisamos de um casal (rs!). Num ciclo ininterrupto de cobranças por sermos MAIS, por termos algo a mais. 

Mas quanto disso realmente nos faz "mais" e quanto "mais" precisamos ser para alcançar a felicidade? O nosso mecanismo de existência se mantem criando formas de entreter nossa mente e cada vez mais ficamos presos nas luzes e sons, na cena de tv, na música hit, na roupa da moda e cada vez menos no que nos faz bem, o que nos torna de fato realmente melhor. E esse melhor falo no sentido de mais consciente de nós mesmos e felizes com nosso Eu.

Buscamos um padrão de beleza e esquecemos que o belo é uma ilusão (lembram do exemplo da visão que aumentamos 100 vezes?),a ilusão da beleza é passageira, ninguém pode se manter no que vemos como belo para sempre, nem jovens para sempre, uma hora as luzes se acendem e o tempo passa. Na verdade não podemos manter nada, a vida é uma constante mudança. Tudo é passageiro e tudo isso é o grande fluir da vida. 

Então é importante sabermos que a felicidade é um estado de espírito. A felicidade é uma forma de caminhar. Assim como eu posso ter todos os elementos considerados de sucesso e ser infeliz, eu posso ter a vida mais simples e ter em mente que sou feliz. Pois estou caminhando em felicidade. 

Tudo é mental, tudo é uma forma de escolher como vamos ver as coisas. A vida é sim feita de opostos: eu estou bem, eu estou mal; eu estou alegre, eu estou triste. E é importante viver esses ciclos da vida, mas também é essencial lembrar que a felicidade de fato está na forma de enxergar o que vivemos. Se escolhermos ser gratos, veremos mais e mais coisas a agradecer. Escolha ver a felicidade em cada pequena coisa e escolha ver uma lição em cada dificuldade e lembre-se: a felicidade é uma forma de ver a vida, nós mesmos e o mundo.


  • Share:

You Might Also Like

2 comentários

  1. Amei Bia! Vi que você compartilhou no Google meu último post e fiquei muito feliz por saber que ainda há quem leia ♥, ainda mais quando essa leitora é super inteligente e faz um texto magnifico e filosófico que o mundo todo deveria ver.
    Que você seja muito feliz e cheia de leitoras ♥.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também fiquei muito feliz com seu comentário! Que bom que gostou do texto, Isa. :D Você é uma fofa.

      Excluir

Ei, deixe seu comentário! Sua opinião faz a diferença por aqui. Se tem um blog,pode colocar seu link para eu retribuir a visita, mas não faça SPAM,hein.