À sombra dos mestres

terça-feira, março 21, 2017

Já reparou como às vezes nos frustramos quando comparamos a nossa vida com a de pessoas que já estão fazendo algo que queríamos fazer? Bate aquele sentimento de não ser bom o bastante, de estar "atrás". Mas o fato é que esquecemos exatamente do principal: elas estão lá há mais tempo.


Ter inveja é algo comum. A inveja aponta para um descontentamento com determinadas partes da nossa rotina. E se não tivermos o desejo de querer "destruir" o que a outra pessoa conquistou, esse sentimento pode servir como uma grande bússola apontando a direção que devemos seguir pra melhorar nossa qualidade de vida.

Muitas vezes nos deslumbramos com os mestres. Achamos que nunca vamos chegar ao nível de maestria que aquela pessoa alcançou. Mas isso é errado, porque elas não têm nada de diferente de nós a não ser que: 

1. Começaram antes.
2. Começaram!

Percebe? Temos a mania de comparar nossos bastidores com o palco dos outros, mas não sabemos o que se passa quando as cortinas fecham. Todos, todos têm problemas.Todos cometem erros, todos choram, todos se lamentam. E isso não é ruim, cada coisa possui um objetivo. 

Se temos problemas, é para crescermos ao ultrapassá-los. Se erramos, é para chegar ao certo com mais experiência. Se choramos, é para deixarmos a emoção transbordar. Se nos lamentamos, é para podermos expressar o que sentimos. Tudo tem sua função.

Se for possível, tente estar perto dessas pessoas que considera mestres em alguma área, esteja presencialmente com ele ou ela. Tire essa sombra do pedestal e lembre-se de que o brilho do outro não apaga o nosso, mas se nos inspirarmos para brilhar junto, podemos iluminar o caminho de muitos outros. 

Grande beijo! 

You Might Also Like

0 comentários

Ei, deixe seu comentário! Sua opinião faz a diferença por aqui. Se tem um blog,pode colocar seu link para eu retribuir a visita, mas não faça SPAM,hein.

Comunidades